Mais de cem crianças e adolescentes já participam do Programa

As atividades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Iguaba Grande iniciaram de forma muito satisfatória. E não foi só para as equipes que integram nos núcleos, mas também para os moradores, que podem utilizar os diversos serviços disponibilizados.

Atualmente, Iguaba Grande conta com duas sedes, o CRAS Cidade Nova e o Vila Nova, que atendem anualmente mais de cem crianças nos Serviços de Convivência, lá, os alunos recebem apoio psicossocial, bem como, a interação através de oficinas com aulas de canto, dança, teatro e violão. Além das crianças, os pais também recebem cursos de capacitação, como corte e costura, pintura, manicure e cabeleireiro, tendo a oportunidade de se incluir no mercado de trabalho e aumentar a renda familiar.

A Secretaria de Trabalho e Ação Social tem ouvido as novas demandas dos moradores para incluir durante o ano novos cursos no Projeto. Em fevereiro, a Prefeitura também promoveu o Primeiro Encontro das Famílias do CRAS, a reunião foi aberta ao público, que pôde através de dinâmicas em roda, tirar suas principais dúvidas e também propor ideias.

O Centro de referência de Assistência Social é um sistema governamental responsável pela organização e oferta de serviços da Proteção Social Básica nas áreas de risco social. Com o CRAS, as famílias passam a ter acesso a serviços como cadastramento e acompanhamento em programas de transferência de renda.

A Subsecretária de Trabalho e Ação Social Ilana Feitosa, disse que as atividades começaram de forma positiva. “Iniciamos a todo vapor com a presença maciça das crianças e adolescentes beneficiadas por esse serviço. Além do trabalho de fortalecimento dos vínculos sociais e familiares, também ofertamos uma excelente alimentação e cuidados aos nossos assistidos. Sempre buscando um melhor atendimento e atenção as famílias Iguabenses”, destacou Ilana.

A Secretária também informou que ainda há vagas disponíveis para os Serviços de Convivência. Para mais informações é necessário comparecer ao CRAS com toda a documentação, incluindo a declaração escolar.

Texto: Daniele Beldon