Turismo, Cultura e Esporte participam de reunião do Conselho Estadual de Turismo

Os primeiros passos para o lançamento de um Guia Cultural do Estado do Rio de Janeiro, através de uma parceria entre as secretarias estaduais de Turismo e Cultura, foram anunciados durante a reunião do CET – Conselho Estadual de Turismo, na manhã desta terça-feira (21), na sede da Fecomércio. O projeto, baseado no Mapa Digital de Cultura que já existe e está disponibilizado na internet, vai buscar em cidades turísticas do interior fluminense, os principais atrativos culturais. A proposta é elaborar roteiros, ligando cidades fluminenses que se destacam no Estado.

Segundo Nilo Sergio Felix a ideia é seguir o formato do Rio+ 3, principal material promocional da Setur-RJ/TurisRio, e criar um livreto, incentivando o turismo cultural.

  • No Guia Rio+3 usamos a estratégia que está sendo trabalhada mundialmente no turismo: o de curta distância. Elaboramos roteiros localizados a até 3 horas da capital. Desde o lançamento, mais de 26 mil unidades já foram distribuídas, em eventos nacionais e internacionais. Tenho certeza que ao usar o segmento cultural da atividade turística em um novo guia, alcançaremos o mesmo sucesso.

Durante o encontro, Marcelo Alves, presidente da Riotur, apresentou as ações executadas nos primeiros meses de gestão para atrair turistas ao Rio. O destaque ficou por conta da campanha #vemprorio, que trabalha não só ações de acolhimento aos turistas, como também, atua para que a população entenda a importância do turista na cidade.

O trabalho que está sendo executado pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente) para a divulgação, conservação e ordenamento dos parques estaduais, foi apresentado por Manuela Tambellini, gerente de Visitação e Sustentabilidade. A administradora chamou a atenção para a possibilidade de parcerias entre o Inea e as secretarias de Turismo; Esporte, Lazer e Juventude e Cultura, para o crescimento do número de visitantes nas unidades de conservação. No caso do esporte, a ideia é a criação de atividades com corridas ecológicas. Na área da cultura seria seguido o caminho da organização de passeios a quilombos localizados nos parques, que despertariam o interesse, em especial, do turista internacional. Visando o turismo, a ideia é a criação de folders com mapas, destacando os atrativos de cada parque.

Print Friendly

Conselho Estadual de Turismo - foto Alexandre Macieira

Conselho Estadual de Turismo - foto Alexandre Macieira