Cerca de 70 pessoas participaram de cerimônia que celebrou parceria entre os dois portos 

Rio de Janeiro, 25 de julho de 2017 – O Porto do Açu recebeu, hoje, a visita de representantes do Porto da Antuérpia Internacional (PAI), que foi divulgado ontem como novo parceiro do empreendimento. No encontro, que contou com a participação de autoridades municipal, estadual e federal, além de empresários e representantes da Bélgica, foram celebradas as oportunidades de negócio que surgem a partir da parceria.

“Hoje é um dos dias mais importantes da história do Porto do Açu. Nossa parceria tem visão de longo prazo, e reúne a experiência do PAI na operação e desenvolvimento de um complexo porto-indústria com as oportunidades que o Porto do Açu oferece, como ser um complexo portuário privado, operacional e com retroárea disponível”, comentou José Magela, presidente da Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu.

Durante a visita, Kristof Waterschoot, presidente do PAI, reforçou os motivos da escolha do Porto do Açu como parceiro. “O Porto do Açu tem 90 km² de área e localização estratégica, além de reunir componentes que são vantajosos em termos de movimentação de cargas, logística e indústria, e isso certamente é extremamente importante para o desenvolvimento de ambos os portos. Nós estivemos em contato com dezenas de outras possibilidades aqui no país e escolhemos o Porto do Açu”, disse.

O grupo, formado por cerca de 70 pessoas, visitou as instalações do Terminal Multicargas, Terminal de Petróleo e Terminal de Minério de Ferro, além das áreas dos clientes instalados no complexo. Ao final da visita, foi realizada uma cerimônia para celebração da parceria.

Na cerimônia, o embaixador da Bélgica no Brasil, Dirk Loncke, ressaltou a importância da parceria para os dois países. “O Porto do Açu é realmente impressionante. Trata-se de um projeto grandioso e muito bem desenvolvido. Esta parceria, hoje, me deixa muito orgulhoso. Estamos assinando um acordo comercial com foco no futuro, que certamente abre caminho para novos acordos entre a Bélgica e o Brasil”, disse o embaixador.

Para Carla Machado, prefeita de São João da Barra, o município passa a ser a porta de entrada para a Europa. “Estamos juntos nessa parceria que irá beneficiar não somente São João da Barra e o Norte Fluminense, mas sim todo o país”. A prefeita ainda ressaltou a importância da criação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) no Porto do Açu.

José Newton Barbosa, chefe da assessoria internacional do governo federal, também comentou sobre a ZPE. “Este é um empreendimento exemplar, que une o desenvolvimento industrial, a conjuntura porto-indústria e a logística. Eu faço questão de mencionar com o ministro que a instalação de uma ZPE aqui é um fator fundamental para o desenvolvimento da região”, disse.