Bibliotecários e educadores da região foram convidados para o encontrosao-joao-da-barra

RIO DE JANEIRO, 7 DE NOVEMBRO DE 2016 – Atento à importância do fomento à cultura, o Porto do Açu vai apoiar um encontro promovido pelo governo do estado com educadores e representantes da área, no Auditório Municipal de São João da Barra. O objetivo é fomentar o hábito da leitura, democratizando o acesso ao livro e contribuindo para a formação de mediadores no processo de incentivo à literatura. O encontro, que acontece na próxima quarta-feira, das 9h30 às 13h, inclui a apresentação do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro (PELLLB/RJ), seguido da Oficina Dinamização e Incentivo dos Espaços de Leitura. O evento é uma parceria entre o Sistema Estadual de Bibliotecas, a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, a Superintendência da Leitura e do Conhecimento e a prefeitura de São João da Barra, além do Porto do Açu.

“É com muito orgulho que o Porto viabiliza um projeto como este. Incentivar a formação de leitores na nossa região e suscitar em cada um deles o gosto pela leitura não é apenas uma tarefa do estado. É nosso papel também, como sociedade que quer se desenvolver e evoluir. Se podemos contribuir com a educação e a cultura na nossa comunidade, nós certamente vamos nos empenhar para isso”, afirmou Gleide Gomes, coordenadora de Responsabilidade Social do Porto do Açu.

As palestras e debates serão ministrados por Renata Costa, Michele Silva e Hanna Gledyz, da Coordenação do Sistema Estadual de
Bibliotecas e terão como público alvo professores, bibliotecários, estudantes, gestores e leitores da Região Norte Fluminense.

Durante o evento, será realizada uma eleição on-line do Grupo de Trabalho que será responsável por nortear o PELLLB/RJ e ele deve ser composto por representantes da sociedade civil. Este encontro é apenas um dos acontecem nos municípios do Rio de Janeiro como parte das atividades de sensibilização, incentivo e esclarecimentos sobre o Plano.

A Oficina, que vai encerrar o encontro, tem como foco a criação de espaços de leitura em todo o estado. Estes espaços serão abordados como caminhos de transformação social. Para isso, representantes de bibliotecas públicas, particulares e comunitárias vão discutir como deve ser este novo cenário, como torná-lo atraente para a comunidade e como organizar o acervo de livros de forma a respeitar a diversidade e a experiência local.

Para Bruno Costa, conselheiro estadual de Política Cultural da região Norte Fluminense, esta é uma excelente oportunidade de troca de experiências, principalmente por se tratar de um assunto de extrema importância para a formação social. “Abordar biblioteca, livro e leitura é focar no coração de uma sociedade que quer avançar. Quando abandonamos esta temática, certamente contribuímos para uma cidade ineficiente. Não adianta enxergar uma biblioteca como um depósito de livros de prateleira. E sim como um local propício a transformações sociais”, ressalta o conselheiro.

Print Friendly

sao-joao-da-barra

sao-joao-da-barra