O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) firmaram, na sexta-feira (05/01), convênio para cooperação técnico-científica e metodológica na elaboração de pesquisas de interesse comum, com o intercâmbio e divulgação de dados, informações, conhecimentos e experiências entre as duas instituições. O termo de cooperação foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, e o reitor da instituição de ensino, Ruy Garcia Marques.

 

Um dos frutos desse convênio é o Comitê de Gestão de Pesquisas, formado por professores da universidade e membros do MPRJ, o qual delibera sobre as pesquisas a serem desenvolvidas e os passos metodológicos a serem executados pelo Centro de Pesquisas. Na prática, os professores da UERJ auxiliarão no processo de sistematização dos dados levantados pelo Centro, colaborando na construção de indicadores analíticos de tais informações.

 

Linhas de pesquisa         

São diversas as linhas de pesquisas desenvolvidas pelo Centro de Pesquisas do MPRJ em parceria com a UERJ, e alguns trabalhos já estão em andamento, tais como o diagnóstico do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (PLID) e do projeto Luz no Cárcere, que sistematiza as informações das inspeções realizadas por promotores nas unidades prisionais estaduais.

 

Ainda, pelo laboratório legislativo do Centro de Pesquisas, está em curso o levantamento do perfil da produção dos deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), dividido em dois bancos de dados. Do primeiro, constam os 4.121 Projetos de Lei apresentados no período compreendido entre janeiro de 2015 e outubro de 2017. O segundo traz as 1.080 Leis aprovadas em plenário no mesmo período. Desde o seu início, o Centro de Pesquisa possui laços estreitos com a UERJ, cujos professores logo manifestaram interesse no desenvolvimento de pesquisas conjuntas.

 

“Esse é um projeto que possibilita que o MPRJ produza informações e direcione suas atividades com base nesses dados, colaborando, inclusive, na formulação de políticas públicas eficazes. Temos no Centro de Pesquisa um  expressivo arsenal de pesquisas, com profissionais qualificados da área de Ciências Sociais, e cujo trabalho pode ser ainda mais reforçado pela tradição e experiência acadêmica. Essa parceria certamente proporcionará uma atuação baseada em dados sólidos, técnicos e científicos.”, afirma a socióloga Thais Lemos Duarte, coordenadora do Centro de Pesquisas do MPRJ.

 

 

Coordenadoria de Comunicação
Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro