Com patrocínio do Instituto CCR e CCR ViaLagos, o Teatro a Bordo estaciona em Araruama nos dias 04 e 05 de setembro

FLYER VIRTUAL_15CMX15CM_ARARUAMA

Sol e teatro a bordo de um contêiner. Essa foi a forma que um grupo de artistas de Santos (SP) escolheu para levar seus espetáculos  pelo país: um palco itinerante iluminado com a energia do sol. O Teatro a Bordo é o primeiro teatro móvel solar do Brasil e estaciona em Araruama nos dias 04 e 05 de setembro, numa parceria da CCR ViaLagos com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação e Cultura.  A programação (ver abaixo) está recheada de atividades culturais gratuitas distribuídas por toda a cidade: visitas às escolas, cortejos, oficinas educativas, peças de teatro e apresentações de artistas locais.

contêiner_Teatro a Bordo_foto de Toto Cottone (leve)

Contêiners circulam pelas estradas, trilhos e portos transportando produtos, mas o do Teatro a Bordo, além de levar diversão e cultura, percorre uma rota bem diferente. Com quase oito anos de estrada e uma bagagem de mais de 300 mil espectadores em aproximadamente 150 cidades brasileiras, o projeto traz uma novidade nesta temporada: um sistema capaz de gerar eletricidade solar. “Apostamos na energia limpa como matriz energética do futuro e por isso instalamos módulos fotovoltaicos no nosso contêiner-teatro, para transformar a energia solar em energia elétrica. Com ela suprimos 100% da demanda dos equipamentos de iluminação dos espetáculos. Além de ser muito inspirador contar com a presença do sol durante a noite, estamos utilizando energia limpa, aliando arte e sustentabilidade na democratização do acesso à cultura”, explica Talita Berthi, idealizadora e produtora do Teatro a Bordo.

Ainda assim, segundo Talita, outras fontes são necessárias para o funcionamento dos equipamentos de sonorização. “Contamos com um sistema híbrido, que utiliza gerador e energia solar. Desta forma, atendemos a públicos de até duas mil pessoas em uma única apresentação”, completa.

A ideia de criar um teatro móvel solar vem das trupes da commedia dell’arte, que cruzavam a Europa entre os séculos XV e XVIII em carroças e, muitas vezes, criavam efeitos de luz em seus espetáculos com o sol refletido em espelhos. Utilizando a tecnologia atual, o Teatro a Bordo também contará com a presença do sol, porém no período da noite, com a luz já armazenada em forma de eletricidade, pronta para iluminar o palco e dar vida às histórias!

O projeto ficará na Região dos Lagos até o início de outubro, passando pelas cidades de Iguaba Grande, SaquaremaCabo FrioRio Bonito e São Pedro da Aldeia.  A Caravana Teatro a Bordo tem o patrocínio do Instituto CCR e da CCR ViaLagos, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. É uma realização da BERTHI Produção e Arte e Ministério da Cultura, com apoios da JLeiva e da Prefeitura Municipal de Araruama.

Programação

O Teatro a Bordo oferece diversidade em sua programação: personagens da tradição oral brasileira, músicas do cancioneiro popular, gagues de palhaços, interação com o público em oficinas educativas e valorização da cultura local com os artistas da cidade, além de trazer a mensagem da sustentabilidade como um compromisso de todos.

As atividades não se restringem apenas ao local onde o contêiner-teatro estaciona. Assim como faz o circo em sua chegança, os artistas realizam cortejos pela cidade e intervenções nas escolas públicas um dia antes, com brincadeiras e informações sobre a programação. Depois, o contêiner se transforma em palco e uma grande tenda é armada na praça para as apresentações gratuitas e abertas ao público.

Programação livre para todas as idades. 

Confira!

Local: PRAÇA ANTÔNIO RAPOSO – CENTRO – ARARUAMA/RJ

Gratuito

DIA 04 DE SETEMBRO – sexta-feira (A chegança dos artistas)

11h00 e 14h00 – CORTEJO DE CHEGANÇA DOS ARTISTAS NAS ESCOLAS

14h00 às 17h00 –  Oficina-Intervenção BONECOS BRINCANTES

17h00 – CORTEJO DE CHEGANÇA DOS ARTISTAS NA CIDADE

DIA 05 DE SETEMBRO – sábado (As apresentações na praça)

14h00 às 16h00 – Oficina-Intervenção BONECOS BRINCANTES

16h30 – Teatro EMBORNAL DE HISTÓRIAS

18h00 – Apresentações dos Artistas da cidade

19h30 – Vídeo

20h00 – Teatro DE SOL A SOL

Sinopses:

CORTEJO DE CHEGANÇA 

A Caravana Teatro a Bordo se reúne na praça da cidade com sua trupe de artistas e músicos e faz um cortejo pelas escolas e ruas da cidade para convidar o público a participar das jornadas de atividades gratuitas.

BONECOS BRINCANTES

Oficina-Intervenção. Duração de 120min.

De maneira descontraída e para todos os públicos, os oficineiros ensinam como fazer um boneco brincante de forma artesanal, utilizando materiais recicláveis como papelão, tampinhas de garrafa plástica, além de cordas e tecidos. Ao final, uma história coletiva com os bonecos confeccionados será criada e encenada junto a todos os participantes da oficina.

EMBORNAL DE HISTÓRIAS

Espetáculo de teatro. Duração de 50min. Com Grupo Teatro Aberto.

Dois contadores de histórias se encontram e dividem suas experiências de viagens pelo mundo. A tradição oral em primeiro plano, com narração de contos recolhidos por Câmara Cascudo.

DE SOL A SOL

Espetáculo de teatro. Duração de 60min. Com Grupo Teatro Aberto.

Em um misto de ficção e realidade, De Sol a Sol conta as aventuras vividas por uma trupe de artistas a bordo de seu contêiner, traçando rotas por terras, trilhos e mares.

Sobre a CCR ViaLagos: A CCR ViaLagos é responsável, desde 1997, pela administração da RJ-124, a Rodovia dos Lagos. Com 57 quilômetros de extensão, liga Rio Bonito a São Pedro da Aldeia, passando por Araruama e Iguaba Grande. Foi a terceira concessionária a integrar o Grupo CCR. 

Sobre o Grupo CCR:

Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.265 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, tendo participação de 34,25% na STP, que opera o serviço de cobrança automática de pedágios e estacionamentos. O Grupo CCR também atua no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e, em 2015, faz parte da carteira teórica do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), da BM&FBovespa, pelo quarto ano consecutivo. Emprega, atualmente, cerca de 12 mil colaboradores.

Sobre o Instituto CCR:

O Grupo CCR criou em 2015 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa.  O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 165 milhões em projetos estruturados. O Instituto CCR vai ampliar estratégia do Grupo visando consolidar a maior empresa de infraestrutura da América Latina em um dos maiores investidores sociais privados do país. Com o Instituto CCR, a companhia planeja investir R$ 330 milhões nos próximos 5 anos, fomentando a cultura brasileira e o desenvolvimento da cidadania.

Informações sobre o projeto: www.teatroabordo.com.br

Responsável de comunicação:  Beatriz Borges  beatriz@teatroabordo.com.br